Pages

sábado, 10 de agosto de 2013

DIAS DIFÍCEIS

Acostumados a serem sempre os melhores entre os "mortais" da liga o espanhola, pelo menos nas últimas três temporadas o Valencia ficou em 3° lugar, em 2010 e 2011 somou a mesma quantidade de pts, 71 e em 2012 ficou com 61 pts. Sempre acostumado a estar na UCL, a temporada que vai se iniciar será diferente dessa rotina, a campanha ruim o proporcionou apenas o 5° lugar, 3° pior colocação em 8 temporadas e irá jogar a UEL. Detentor de 6 títulos espanhóis inclusive foi o último campeão diferente de Barcelona e Real Madrid (2003/04), já que de 2004/2005 em diante só deu os dois gigantes. Mas porque uma queda tão grande assim, de um dos elencos mais fortes da liga espanhola?



Agora há problemas financeiros que atrasaram a construção do estádio e os jogadores estão jogando praticamente sem receber. O que aconteceu com o terceiro maior clube em La Liga?O caos financeiro parece se instalar em todas as esferas do clube, além dos jogadores não estarem sendo pagos a situação dos trabalhadores da construção do novo estádio, o Nou Mestalla, também não é boa e por conta disso as obras estão paradas. A ideia de um novo estádio não agrada aos torcedores, que já contam com um belo estádio, o Mestalla. Por conta desse enfraquecimento, a quente torcida do Valencia parece não acreditar no time, o que causou um profundo problema para as finanças do clube, a frequência no estádio caiu cerca de 30% e lembrando que as bilheterias para os clubes europeus representam muito no borderô do clube. 


David Villa, Juan Mata e David Silva foram jogadores que saíram para tentar equilibrar as contas. Na primeira temporada da nova década, o Valencia voltou para a UCL pela primeira vez desde a temporada 2007/08, quando eles terminaram em terceiro lugar em La Liga 2009/10. No entanto, no verão de 2010, devido a razões financeiras, David Villa e David Silva foram vendidos para Barcelona e Manchester City, respectivamente, para reduzir a enorme dívida do clube. Mas, apesar da perda de dois dos jogadores mais importantes do clube, a equipe foi capaz de terminar em terceiro novamente 2010/11 La Liga pela segunda temporada consecutiva, apesar de terem sido eliminados da Liga dos Campeões pelo os alemães do Schalke 04 nas 8° de final. No verão de 2011, o então capitão Juan Mata foi vendido para o Chelsea para ajudar ainda mais a precária situação financeira do Valencia. Foi anunciado pelo presidente Manuel Llorente que a dívida do clube tinha sido diminuída e que o trabalho sobre o novo estádio seria reiniciado o mais breve possível, em algum momento do ano passado. No dia 5 de julho de 2013, Amadeo Salvo foi nomeado novo presidente do clube. O Valencia teria uma dívida em torno de 200 milhões de Euros.

Na temporada que se inicia, o clube conseguiu segurar o ótimo meia argentino Banega, mas ao mesmo tempo perdeu seu técnico para o Athletic, Ernesto Valverde. Em seu lugar o novo comandante é o sérvio Miroslav Djukic de 47 anos, depois de duas temporadas no Valladolid e de ter trazido o pequeno Hércules em 2011 a 1° divisão. Jogou no clube de 97 á 2003, o ex zagueiro fez 156 partidas e 4 gols ao total.  Alguns bons nomes foram contratados para a tentativa de fortalecimento do clube, como por exemplo, o português Helder Postiga, que estava no rebaixado Zaragoza, Yeray Gomez (Mallorca), Oriel Romeu (Chelsea), Michel (Levante), Javi Fuego (Rayo) e Alcacer (Getafe).  Duas baixas relevantes, foram a saída de Gago para o Boca Juniors, fato que o volante não se firmou no clube e o atacante Soldado para o Tottenham, e uma frase do espanhol chamou a atenção ao sair, disse que saía por não acreditar no novo projeto do clube pra essa temporada.

Um comentário:

  1. dirigentes incompetentes: lá como cá no 'brasil-sil-sil'

    bom texto, cara!

    ResponderExcluir